22.9 C
Parintins
quinta-feira, maio 6, 2021

Wilson Lima destaca avanços do Plano de Contingência na abertura de leitos na capital e interior

Durante transmissão de live pelas redes sociais do Governo do Estado, nesta segunda-feira (04/01), o governador Wilson Lima apresentou o avanço do Governo do Estado com o Plano de Contingência, que resultou na ampliação e reordenamento da rede de saúde no enfrentamento à Covid-19. O Amazonas saiu de 457 leitos para os atuais 1.070, um aumento de 134%. Desses, 260 são leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Conforme o governador, durante o ano de 2020 foram destinados, aos 61 municípios, 875 leitos clínicos para atendimento de Covid-19. O Amazonas quase triplicou a quantidade de Unidades de Cuidados Intermediários (UCI) no interior, saindo de 49 para 203 leitos em 33 municípios. Desses, 143 para pacientes Covid-19.

“O diálogo é fundamental nesse momento, e foi através do diálogo e de ter experiência de profissionais e de quem está lá na ponta que nós conseguimos montar esse nosso plano de contingência e também ampliar essa nossa rede de assistência, só pra vocês terem ideia do tanto que a gente conseguiu aumentar desde o início da pandemia”, explicou o governador Wilson Lima.

O governador participou de reunião, na manhã desta segunda-feira (04/01), no Hospital Delphina Aziz, para iniciar as tratativas com a equipe do Ministério da Saúde nas ações de enfrentamento à Covid-19 no estado. Wilson Lima pontuou o apoio do Governo Federal direcionado para a ampliação da rede de saúde, para garantir atendimento das pessoas acometidas pela doença.

“Estamos trabalhando para fazer um alinhamento com o Governo Federal, que tem sido um parceiro nesse trabalho porque tem nos auxiliado com profissionais, que nos ajudaram e continuam nos ajudando a montar protocolos, fluxos, encaminhando medicamentos, equipamentos. Nesta semana devemos receber mais 78 respiradores. Há 15 dias recebemos 50 respiradores e 80 monitores”, disse Wilson Lima.

Compromisso – A secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde (SGTES/MS), Mayra Pinheiro, também participou da live e reafirmou a colaboração do Governo Federal na execução de ações essenciais para a rede de saúde.

“Estamos atuando para desenvolver estratégias para melhor atender a população, não só de Manaus, mas dos municípios do estado. Tivemos uma manhã com o clima de objetividade, pois estamos analisando a situação da saúde em Manaus, nos outros municípios, na atenção primária, na atenção secundária, que corresponde aos internamentos, aos hospitais, aos leitos, e na atenção terciária, que são os leitos de UTI. Estamos juntos buscando, em um prazo muito breve, desenvolver todas as ações que forem necessárias para que não faltem nem equipamentos nem esses leitos, funcionando com efetivo de profissionais que for necessário para conduzir todos os casos clínicos”.

Mais leitos – O titular da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), Marcellus Campêlo, comentou que há a possibilidade de aumento de 60 leitos de UTI na rede de saúde.

“Hoje temos a possibilidade de aumentar mais 60 leitos de UTI na nossa rede. Nós estamos debatendo essa perspectiva com o ministério (da Saúde) porque nossa dificuldade hoje são os profissionais de saúde, e estamos discutindo isso hoje com os técnicos do ministério. A Dra. Mayra do Ministério da Saúde já explicou que existe um novo direcionamento para esses profissionais em relação às equipes de UTI, que podem facilitar essa disponibilização de profissionais”.

 

As maiores koiotagens

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui