TCE-AM inicia acordo com OAB para utilizar Cadastro Nacional de Advogados

Diretoria de Comunicação do TCE-AM

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), por meio da Secretaria de Tecnologia da Informação (Setin), iniciou tratativas com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para integrar os sistemas da Corte de Contas ao Cadastro Nacional de Advogados (CNA). O anúncio foi feito pelo presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello, na sessão virtual do Tribunal Pleno realizada na quarta-feira (20).

A integração dos sistemas busca viabilizar uma maior eficácia e praticidade nas operações de cadastro e ativação dos advogados nos sistemas da Corte de Contas, facilitando a troca de informações entre os órgãos e melhorando o controle dos processos por parte do Tribunal.

O acordo busca, ainda, reafirmar o compromisso do TCE-AM em dar continuidade às atividades, com o devido êxito, de forma remota, eliminando a necessidade de cadastramento físico dos profissionais junto a Corte de Contas.

“Essa presidência parabeniza a atuação da Setin, que vem envidando esforços para inserir nossa Corte de Contas na era digital com muita competência”, afirmou o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello.

Após as novas implementações da Setin durante as atividades em home office, a conclusão do acordo entre as entidades fará com que o TCE-AM progrida na manutenção dos serviços digitais como ferramentas essenciais aos trabalhos, sendo pilares na transparência da instituição com a sociedade no momento de isolamento social.

“A visão da gestão do presidente Mario de Mello é o de avançarmos para um Tribunal de Contas 100% digital, com o oferecimento de todos os serviços de forma digital. A integração dos nossos sistemas com o Cadastro Nacional de Advogados da OAB vai trazer diversos avanços ao nosso Sistema de Processo Eletrônico”, afirmou o secretário da Setin, Allan Bezerra.