Suspeito na Delegacia Geral da Polícia Civil Foto Eliana Nascimento do G1 AM
Suspeito na Delegacia Geral da Polícia Civil Foto Eliana Nascimento do G1 AM

Suspeito de envolvimento em, pelo menos, cinco homicídios, um homem de 23 anos foi apresentado à imprensa na manhã desta quinta-feira (21). Segundo a Polícia Civil, a motivação de todos os crimes praticados em Iranduba, localizado a 27 Km de Manaus, possui relação com a disputa pelo tráfico de drogas na região.

Bruno Pereira Magalhães, conhecido como “Mano B”, foi preso no dia 13 de março, em cumprimento de mandado de prisão preventiva por homicídio qualificado. O suspeito foi localizado na residência de familiares, no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus.

De acordo com a delegada titular do 31°Delegacia Interativa de Polícia (DIP), Sylvia Laureana, o suspeito era responsável pelo tráfico de drogas no bairro Graça Lopes, em Iranduba.

“Nesse bairro tem um local conhecido como ‘buracão’ e quando há disputa pelo tráfico de drogas, os criminosos fazem uma espécie de acerto de contas para eliminar o concorrente. Então eles matam e jogam a pessoa lá”, explicou.

A titular relatou que a prisão de Magalhães representa “a maior elucidação” simultânea em números de homicídios no município.

“Com a prisão dele e com as oitivas fornecidas, nos procedimentos abertos na delegacia, conseguimos fechar ‘de cara’ cinco casos de homicídios onde ele tem envolvimento direto”, completou.

Além disso, Sylvia ressaltou que, além dos cinco casos o suspeito é investigado por outras mortes também no interior do estado.

Questionado sobre os crimes, o suspeito negou envolvimento nos crimes de homicídio e apenas confessou que seria responsável pelo tráfico de drogas na região.

Magalhães foi indiciado por dois homicídios qualificados, além de ocultação de cadáver. Após os procedimentos cabíveis na unidade policial, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde deverá ficar à disposição da Justiça.

G1 Amazonas