22.8 C
Parintins
segunda-feira, março 1, 2021

Presos ladrões que mataram sargento da PM na porta da Tv Lar

Mais duas pessoas foram presas no início da noite de quinta-feira (20) por envolvimento na morte de um sargento da Polícia Militar, em Manaus. Charles Sanches Moraes, 27 anos, e Marcley Moraes de Souza, foram apresentados na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), ao lado de outros dois suspeitos que foram presos ainda na manhã de hojepelo crime.

Segundo o titular da Dehs, delegado Paulo Martins, a polícia já tinha o nome de todos os envolvidos no crime, mas precisava protocolar a prisão preventiva de Charles e Marcley. Sabendo do fato, os advogados dos dois suspeitos entraram em contato com a Delegacia dizendo que eles iriam se entregar.

Por volta das 16h30, Charles, que seria o motorista do veículo que conduzia os suspeitos, foi até a DEHS junto com o advogado e se entregou.

O último suspeito, identificado como Marcley, não concordou em se entregar espontaneamente, mas acabou sendo preso por policiais, por volta das 17h30, em uma comunidade da Fazendinha, localizada no bairro Cidade Nova, na Zona Norte de Manaus. O quarteto vai passar por uma Audiência de Custódia nesta sexta-feira (21) e ficará à disposição da Justiça.

A Morte do sargento da PM

O sargento da Polícia Militar Luiz Carlos da Silva Costa, de 56 anos, foi morto a tiros no início da noite desta quarta-feira (19), em frente à loja TV Lar, local que ele trabalhava como vigilante, localizada na Avenida Autaz Mirim, bairro Tancredo Neves, Zona Leste. A polícia militar informou que ele foi morto em um latrocínio (roubo seguido de morte).

Segundo o comandante da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), major Victor Melo, por volta das 18h10 de quarta-feira (19), a loja estava sendo fechada quando três homens chegaram na porta, encontraram o sargento, que faria segurança para o estabelecimento, roubaram a arma e deram vários tiros nele, que veio a óbito no local.

Imagens das câmeras de segurança mostram que um homem de camisa vermelha e calça jeans azul, chega correndo em direção à porta da loja, aponta uma arma para a vítima e tenta puxar a que estava na cintura do sargento. O sargento segura a arma que estava apontada para ele e há um disparo que o atingiu.

Mais um homem, de camisa branca, bermuda azul e boné verde atira contra ele. O sargento acaba caindo no chão. Então mais um homem de camisa cinza, calça jeans azul e boné preto chega. Os três homens atiram várias vezes contra ele, roubam a arma e saem correndo em direção a um posto de gasolina que fica ao lado da loja.

Foto: Antônio Lima

O corpo foi removido do local por funcionários do Instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Portal Acritica de Manaus 

As maiores koiotagens

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui