Corre atrás do fato por você

Prefeitura de Manaus conclui 50% das obras dos cemitérios

As obras dos cemitérios de Manaus, rurais e urbanos, estão 50% concluídas. As reformas dos dez campos-santos gerenciados pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), estão dentro do calendário e tem previsão de entrega para março.

“As obras estão a todo o vapor e já estão concluídas em 50%. Por determinação do prefeito David Almeida e titular da Semulsp, Sabá Reis, as reformas logo vão ser entregues e vão dar mais dignidade para as pessoas que vêm visitar os seus familiares e também para os servidores nos cemitérios da capital”, ressaltou o diretor dos Cemitérios da Semulsp, Raimundo Nogueira.

Os cemitérios receberam ordens de serviço para as devidas reformas no início de janeiro, assinadas pelo secretário Sabá Reis. Os locais terão melhorias nos prédios administrativos, capelas, muros e fachadas.

As obras consistem nos serviços de instalações de capela climatizada, banheiros adaptados, além de ampliação da administração e construção de muros e fachadas.

Os dez cemitérios que passam por reforma são: Nossa Senhora Aparecida, bairro Ponta Negra, zona Oeste; São João Batista, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul; São Francisco, no Morro da Liberdade, zona Sul; Santa Helena, bairro São Raimundo, zona Oeste; Santo Alberto, na Colônia Antônia Aleixo, zona Leste; Nossa Senhora da Piedade, bairro Tarumã, zona Oeste; Nossa Senhora da Conceição das Lages, localizado às margens do rio Negro; Santa Joana do Puraquequara, às margens do lago do Puraquequara; São José do Jatuarana e  Nossa Senhora do Carmo, ambos às margens do rio Amazonas. Os quatro últimos se encontram na área rural, e, no dia 7/1, o secretário Sabá Reis visitou os locais, onde pôde conhecer a realidade de cada um.

Na ocasião, Sabá reafirmou o compromisso do prefeito David Almeida de que os dez campos-santos de Manaus, sejam eles urbanos ou rurais, irão receber o mesmo tratamento, e todas as reformas serão concluídas simultaneamente.

— — —

Texto – Rebeca Mota / Semulsp

Fotos – Valdo Leão / Semulsp

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHBqjzBRHr

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.