Foto: Divulgação/PMAM

Pela primeira vez, o Comando de Policiamento do Interior da Polícia Militar do Amazonas realizou a Operação Tigre. A finalidade foi intensificar o combate à criminalidade e contribuir para ampliar a segurança da população e de visitantes dos municípios do interior por meio de ações de policiamento ostensivo preventivo. A operação ocorreu nos últimos dias 24, 25 e 26 de julho.

 Reunindo integrantes de batalhões, companhias e demais unidades espalhadas por todos os municípios amazonenses, a operação foi constituída por diversas ações, incluindo rondas com policiais a pé, em viaturas e veículos de duas rodas; montagem de barreiras; realização de abordagens a veículos e embarcações; e fiscalização em bares e similares.

O resultado da Operação Tigre foi 7.388 pessoas abordadas e fiscalizadas; 865 veículos, entre carros e caminhões, vistoriados; 2.273 motocicletas vistoriadas; nove embarcações visitadas; 153 bares fiscalizados e ainda, a apreensão de aproximadamente três quilos de entorpecentes, entre os quais, maconha, cocaína e oxi.

“O reforço do policiamento de segurança, no interior, neste fim de semana, foi bastante positivo. Esta foi a primeira edição da Operação Tigre e a Polícia Militar vai dar continuidade ao processo de policiamento ostensivo preventivo para combater e inibir as ações adversas ou que coloquem em risco a vida e o direito da sociedade interiorana”, declarou o coronel Franclides Corrêa Ribeiro, responsável pelo Comando de Policiamento do Interior.

A Operação Tigre foi executada em vários municípios, incluindo cidades de fronteira e outras localizadas no Baixo Solimões.