27.6 C
Parintins
quarta-feira, junho 23, 2021

No Dia da Adoção, mãe de menina que Justiça mandou ser devolvida vê famílias ‘desistindo da luta’

“Há dias bons, como se nada estivesse acontecendo, e há dias terrivelmente sombrios. E não é só com a gente que isso está acontecendo. Infelizmente, teve família que já até desistiu da luta”.

 

O desabafo é da mãe adotiva de uma menina de 9 anos que luta pela guarda da filha desde o dia em que a Justiça de Minas Gerais decidiu que a criança fosse devolvida à família biológica. Dois terços da vida dessa criança foi com a família adotiva, com quem vive há seis anos, em Belo Horizonte.

G1 conversou com a mãe adotiva da menina na véspera do Dia Nacional da Adoção, celebrado nesta terça-feira, 25 de maio. Ela relatou dificuldades nos processos de adoção “impostas pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG)” e citou outro caso em que a Corte determinou que os pais devolvessem o filho adotado. Nesse caso, segundo ela, a família acabou “desistindo de lutar” e devolveu a criança aos pais biológicos.

A história da família com a menina de 9 anos gerou comoção nacional, com repercussão em vários veículos de imprensa. Uma petição online para que a criança fosse mantida com os pais adotivos reuniu mais de 350 mil assinaturas.

Especial Publicitário

As maiores koiotagens

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui