23.9 C
Parintins
segunda-feira, março 1, 2021

Morre Lucinor Barros, um dos fundadores do Festival Folclórico de Parintins

Morreu na tarde desta quinta-feira, dia 22, em Arapongas (PR), aos 75 anos de idade, Lucinor de Souza Barros, o último que estava vivo dos três jovens que fundaram o Festival Folclórico de Parintins.

Ele teve complicações de saúde há um mês e meio e há pouco mais de uma semana procurou ajuda médica no Paraná para se submeter a uma cirurgia cardíaca.

Ele foi operado, mas o coração parou no início da tarde de hoje.

Em 1965, com apoio da Igreja Católica de Parintins, Lucinor, Xisto Pereira e Raimundo Muniz organizaram a primeira disputa folclórica do evento, que naquele ano não teve a participação dos bumbás.

Lucinor costumava compartilhar o mérito da criação do festival com todos que faziam parte da Juventude Alegre Católica (JAC), mas foram os três que estavam na linha de frente da organização quando realizaram o primeiro festival.

Reconhecimento

Em 2011, ele foi homenageado pela Câmara Municipal de Parintins com a medalha Raimundo Almada, comenda mais importante do parlamento local proposta pelo então vereador Juliano Santana.

No mesmo ano, foi agraciado com a Medalha Ruy Araújo, mais importante honraria concedida pela Assembleia Legislativa do Estado, proposta pelo deputado Josué Neto, em reconhecimento à criação do festival.

O corpo de Lucinor Barros será sepultado em Boa Vista (RR), onde casou, teve dois filhos e morava há mais de 40 anos. /// Por Neuton Corrêa (bncamazonas)

As maiores koiotagens

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui