28.8 C
Parintins
segunda-feira, janeiro 18, 2021

‘Minha Manaus é da construção e não destruição’, diz prefeito sobre ato de vandalismo em árvore natalina da avenida Max Teixeira

“Lamento que tenha gente que não respeita nem o Natal e a ilusão das crianças. A Manaus que eu desejo e que busco reconstruir, até o último dia da minha gestão, é diferente dessa dos vândalos. Na minha é construção, na deles é destruição”, desabafou o prefeito Arthur Virgílio Neto ao verificar, neste domingo, 27/12, acompanhado da presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, a situação da árvore do “Natal do Abraço”, localizada na entrada da avenida Max Teixeira, na Cidade Nova, zona Norte, após um ato de vandalismo ocorrido na noite de sábado, 26/12.

A obra de arte, com 10 metros de altura e confeccionada com mais de 20 mil garrafas PETs, teve fogo ateado em sua base. A árvore de Natal é de autoria da artista plástica Rosa dos Anjos, que fez um boletim de ocorrência sobre o ato criminoso. Devido ao vandalismo, a árvore de Natal será desmontada na noite desta segunda-feira, 28/12. O prefeito e a primeira-dama, além da artista, condenaram o ato.

“Essa árvore foi feita pela Rosa dos Anjos, que é uma artista de mão cheia. Todos os anos ela faz a árvore para nós e esta é belíssima. Tem muitas crianças e pais que vieram aqui, confraternizaram e tiraram fotos. Esse é o lado bom do espírito do Natal, de respeito ao próximo. E existe outro tipo de gente, como essa que fez uma fogueira e que vandalizaram nossa árvore de Natal. Esse criminoso ou essa criminosa o que ganham? Fazendo mal a quem, às crianças? Cortando a ilusão das crianças em relação ao Natal?”, lamentou o prefeito.

O chefe do Executivo municipal ressaltou que, desde 2013, no seu primeiro ano de mandato, os artistas reciclam material para as árvores de Natal.  “Fizemos durante os oito anos do meu governo a reciclagem dos materiais e quando chega outro Natal usamos o material antigo para poupar dinheiro público e querem destruir isso. Mas graças a Deus não se perdeu como um todo”, disse o prefeito.

A primeira-dama do município, Elisabeth Valeiko Ribeiro, ressaltou que o trabalho teve a participação de 150 pessoas, entre catadores de materiais recicláveis, integrantes da ONG Superação, profissionais de metalurgia, elétrica e artistas plásticos, que resgataram as garrafas Pets dos igarapés, por meio da associação dos catadores de lixo. O trabalho tem a coordenação do Fundo Manaus Solidária, por meio do projeto “Natal do Abraço”, órgão que a primeira-dama preside.

“Essa é uma das quatro árvores que fazem parte do nosso Natal do Abraço. Todo ano nós festejamos e, infelizmente, neste ano não foi possível estarmos na inauguração dessa árvore devido a pandemia da Covid-19, que ainda se faz presente. Fico muito triste em vir a esse local e saber que fizeram essa maldade. É uma arvore dedicada à cidade, às pessoas que aqui vivem, com muito amor e muito carinho, e com material reciclável. Há toda uma história do nosso Natal do Abraço, que não se refere apenas ao contato físico, mas de abraçar causas, de abraçar o trabalho desses artistas”, disse a primeira-dama.

A artista Rosa dos Anjos lamentou também o ato de vandalismo. “Fui informada sobre esse ato criminoso, vim ao local e me surpreendi. Fiz um Boletim de Ocorrência e gostaria muito que os responsáveis fossem punidos”, falou Rosa, acrescentando que artistas foram remunerados graças a projetos como esse da Prefeitura de Manaus. “Utilizamos mão-de-obra de pessoas que estão desempregadas, como pais de família, principalmente, nesta pandemia. Agradeço ao prefeito e à primeira-dama pela iniciativa do Natal do Abraço, que abraça muitas famílias. Quero dizer que essa gestão foi muito importante para a vida dos artistas. Tivemos a Lei de Incentivo à Cultura aprovada, vários artistas beneficiados e eu sou testemunha disso”, afirmou a artista plástica.

Outras árvores

Neste domingo, o prefeito Arthur Neto e a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro também visitaram as árvores do “Natal do Abraço” localizadas na Bola do Produtor, próximo ao Shopping Phelippe Daou, na zona Leste; no complexo turístico Ponta Negra, zona Oeste; e na Praça XV de Novembro, mais conhecida como praça da Matriz, Centro. Todas são de autoria do artista plástico parintinense Juarez Lima.

“É um dever cristão. Faz parte do espírito natalino que reina até seis de janeiro, dia de Reis. Por isso, quero registrar minha admiração por esses artistas, que ganham o dinheiro deles no Natal, transformando materiais recicláveis em obras de arte. E é hora de refletirmos sobre isso, especialmente ao deseja um ano novo de muita consciência e de defesa da saúde de Manaus”, concluiu o prefeito Arthur Neto.

As maiores koiotagens

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui