22.4 C
Parintins
sábado, maio 15, 2021

Manaus alcança a casa das 100 mil doses de vacina aplicadas contra a Covid-19 em grupos prioritários

A Prefeitura de Manaus alcançou a marca das 100 mil doses de vacina aplicadas contra a Covid-19. O feito aconteceu às 12h45 desta quinta-feira, 11/2. São mais de 96 mil pessoas que receberam a primeira dose e outros 3.630 trabalhadores da saúde, os primeiros a serem vacinados, que completaram o ciclo de imunização com as duas doses da vacina CoronaVac. A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), responsável pela operacionalização da campanha, avança na imunização dos grupos prioritários na medida em que o governo federal faz novo envio de doses para as cidades.

“Temos uma equipe técnica experiente, pronta para atender as pessoas que precisam ser vacinadas nessa etapa em um processo rápido e seguro. Iniciamos com 200 e hoje já são 360 vacinadores atendendo em nove pontos que foram montados especialmente para essa vacinação, porque também tivemos que ter o cuidado de manter o distanciamento social, evitando aglomerações nesses locais”, comentou o prefeito David Almeida, que acompanha o desempenho da campanha pelo “Vacinômetro”.

Nos dois últimos dias, Manaus vacinou mais de 30 mil pessoas, uma média 15 mil vacinados em sete horas de funcionamento de cada um dos nove pontos,  ou seja, aproximadamente 2,1 mil imunizados por hora.

“Ficamos muito felizes com esse resultado por mostrar que nossas estratégias de operacionalização da imunização estão corretas. Contamos com o apoio da população-alvo, que tem respondido ao nosso chamado e compreendido a necessidade de priorizar os mais vulneráveis, e, em especial, contamos com a imensa dedicação dos nossos servidores, que têm sido incansáveis desde o início dessa campanha”, ressaltou a secretária municipal de Saude, Shádia Fraxe.

Quatro remessas de vacinas já foram enviadas a Manaus pelo Ministério da Saúde (MS), totalizando 207.312 doses. Dessas, 133.172 são de CoronaVac/Butantã (equivalentes à primeira e segunda doses) e 74.140 de AstraZeneca/Oxford (equivalente apenas à primeira dose). Para ambas foi considerado o quantitativo do público-alvo estimado pelo MS e a reserva técnica de 5%, obrigatória conforme o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19.

Com esse desempenho, a cidade mantém a posição de uma das cinco capitais de médio e pequeno porte que têm melhor desempenho em campanhas de vacinação do que as maiores metrópoles do país em cobertura vacinal, juntamente com Campo Grande (MS), Boa Vista (RR), Rio Branco (AC) e Vitória (ES). O levantamento é do Centro de Liderança Pública (CLP), organização suprapartidária que busca engajar a sociedade e desenvolver líderes públicos para enfrentar os problemas mais urgentes do Brasil.

O estudo leva em conta o número de pessoas vacinadas em 2019, o número de doses aplicadas de imunizantes disponíveis pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e o cumprimento do Plano Nacional de Imunização (PNI) daquele ano, ou seja, dados anteriores à pandemia da Covid-19, nas campanhas anuais, que são disponibilizados pelo DataSUS.

Especial Publicitário

As maiores koiotagens

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui