27.6 C
Parintins
quarta-feira, junho 23, 2021

Jogadores da Seleção questionam Copa América no Brasil: entenda a crise

Anunciada na última segunda-feira no Brasil, a Copa América virou mais um ponto de efervescência nos já quentes bastidores da seleção brasileira. A equipe entra em campo hoje, às 21h30 para defender a liderança das eliminatórias sul-americanas contra o Equador, mas a pauta da semana é a dúvida sobre a participação do Brasil na competição continental. Insatisfação pela escolha do Brasil como sede, descoberta via imprensa um dia depois de conversa com o presidente Rogério Caboclo, seria uma das motivações da instabilidade interna, segundo o site “ge”.

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira — adiada e sem a presença do capitão Casemiro —, o técnico Tite foi direto: há uma posição clara entre os atletas sobre o assunto e esta já foi externada a Caboclo. A visão, porém, só virá a público no dia 8, terça-feira, quando o Brasil finaliza os compromissos de eliminatórias, em partida contra o Paraguai. A Copa América começa no dia 13, o mesmo dia da estreia da seleção, contra a Venezuela.

—  Nós temos uma opinião muito clara e nós fomos, lealmente, numa sequência cronológica, e Juninho externando ao presidente qual nossa opinião. Na sequência pedimos para atletas ficassem focados exclusivamente no jogo contra o Equador, nos atenderam. Na sequência, solicitaram uma conversa com o presidente, direta e leamente falando a ele suas opiniões, porque (a opinião) de todos os atletas está muito clara, muito limpa. E foi externada em uma conversa direta e pessoal com presidente e comissão técnica — disse o técnico Tite, na entrevista coletiva desta quinta-feira.

Segundo informações da “Rádio Gaúcha”, o movimento teria partido dos 20 jogadores que atuam no futebol europeu e fazem parte do atual elenco de convocados. Mas hoje, a posição é compartilhada por todo o grupo, e há indícios de que a insatisfação vem pairando sobre outras seleções que disputarão o torneio.

Confira perguntas e respostas sobre a crise:

Quando os jogadores devem se pronunciar?

Os jogadores querem evitar a falta de foco nas partidas das eliminatórias. Portanto, a posição só deve se tornar pública após o jogo contra o Paraguai, no dia 8.

Qual a posição de Tite?

O técnico deu a entender na entrevista coletiva que compartilha da mesma posição que os jogadores.

A revolta parte só dos jogadores que jogam na Europa?

Inicialmente, informações da “Rádio Gaúcha” davam conta de que essa parcela do grupo teria assumido inicialmente esse posicionamento. Mas Tite sinalizou que todo o grupo está uníssono no assunto.

ACESSE AQUI O GLOBO

Especial Publicitário

As maiores koiotagens

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui