Por isso Israel e Lulu reiteram o número “15” na urna fará a diferença

O candidato a prefeito de Nhamundá, Israel Paulain (MDB) que compõe a chapa “A Mudança de Verdade” com o vice Lulu, tem meta de contratar de imediato 10 médicos para atender a população da cidade e interior a partir de 2021. Além de Agentes de Saúde, Técnicos de Enfermagens e Enfermeiros para auxiliar os médicos clínicos e médicos especialistas.

A preocupação de Israel é baseado em dados da Associação Médica Brasileira (AMB), Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e Ministério da Educação (MEC) que mostra a cidade de Nhamundá tem atualmente a morte ou mortalidade infantil de quase 17 óbitos por mil nascidos vivos e  as internações devido a diarreias são de 1.600 (mil e seiscentos) para cada 1.000 habitantes.

“No quesito saúde, o trabalho deve ser intenso, e logo de cara contrataremos 10 médicos para atender proporcionalmente a nossa população. Também precisaremos de enfermeiros, técnicos e agentes de saúde para que o nhamundaense esteja mais assistido. Vamos também criar as Jornadas de Cirurgias, onde vamos trazer especialistas para Nhamundá em todas as épocas do ano para fazer mutirões sem que os pacientes precisem se deslocar para outras cidades”, anunciou ao site do Koiote.

Para Israel Paulain, um governo sério se faz com propostas sensatas e muita força de vontade. A partir do dia 1º de janeiro, a população vai começar a observar a mudança de verdade em no município. Por isso, Israel e Lulu reiteram o número “15” na urna fará a diferença.

“A saúde é importante e vamos priorizar. Pois a realidade hoje é péssima de quem precisa ser atendido em Nhamundá. Até morte dentro de lancha, por falta de gasolina foi registrada e denunciada. Isso é um atentado contra a população.  As pessoas com saúde fazem trabalho de qualidade, com cobertura vacinal, acesso a serviços de saúde e à sobrevivência infantil e das mães. Nossa proposta de imediato é tratar as pessoas. Pois dinheiro Federal e Estadual vem para os cofres da prefeitura”, diz.

Israel e Lulu prosseguem caminhada junto ao povo

Segundo o IBGE, comparado com todos os municípios do estado, a cidade de Nhamundá fica nas posições 32 de 62 municípios na mortalidade infantil e na posição 24 de 62 cidades no quesito de internações por diarreia. A Pandemia do Coronavírus é preocupação constante e dever ser encarada com toda seriedade e parcerias para evitar que pessoas infectadas morram.

A População estimada no senso IBGE de 2010 para 2020, informa que Nhamundá tem 21.443 pessoas na cidade e no interior.

Texto: Hudson Lima

Edição: Mayara Carneiro

[email protected]

[email protected]

(92) 991542015  WhatsApp