23.7 C
Parintins
domingo, janeiro 24, 2021

Governo do Amazonas monta força-tarefa para garantir ampliação de leitos para vítimas da Covid-19

As equipes da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), juntamente com outros órgãos do Governo do Amazonas, fizeram na quinta-feira (31/12), último dia de 2020, um grande movimento em rede para garantir o reforço da assistência, com a ampliação no número de leitos para pacientes com Covid-19. O trabalho, que tem sido realizado pela SES-AM de forma antecipada, está dentro do plano de contingência para o recrudescimento da Covid-19, em execução pelo Estado, considerando o aumento dos casos no Amazonas.

Na tarde da quinta-feira, para permitir a ampliação de leitos no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto e na Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (FHemoam) fez a doação de 36 camas especiais para leitos de UTI, 36 escadinhas para maca e sete macas.

Para garantir que os equipamentos começassem a ser instalados nas unidades ainda na quinta-feira, foram mobilizadas equipes da Polícia Militar, Defesa Civil e Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM) que, juntamente com as equipes da SES-AM, realizaram toda a logística de transporte das camas da FHemoam para as unidades.

Os colchões que serão utilizados nas camas novas foram remanejados do HPS João Lúcio, também na tarde de quinta-feira.

O secretário de Estado de Saúde, Marcellus Campêlo, destacou a união de esforços de todos os órgãos do governo e reforçou o pedido de apoio da população para que evite aglomerações e siga as orientações das autoridades de saúde.

“Precisamos que a população entenda que nossa capacidade instalada é grande, estamos ampliando ao longo dos últimos meses, com o plano de contingência. Só no Delphina Aziz foram 300% de crescimento. Porém, ela tem um limite, e pode se esgotar se a população não ajudar. É preciso evitar aglomerações e seguir os protocolos de distanciamento social, usar máscaras, álcool gel e lavar bem as mãos com água e sabão”, declarou.

Das 36 camas cedidas pela FHemoam, 20 foram enviadas para o 28 de Agosto e 16 para a FMT. Novos, os equipamentos estavam no estoque da FHemoam para serem utilizados no Hospital do Sangue, que será inaugurado em 2021.

“Nesse momento, com aumento dos casos de Covid-19 no Estado, vimos que podemos contribuir com a rede para ajudar o sistema de saúde do nosso estado, para podermos salvar vidas. Pois essa é a nossa principal missão”, disse a diretora-presidente da FHemoam, Socorro Sampaio.

Platão Araújo – Na zona leste de Manaus, no HPS Platão Araújo, homens da Polícia Militar também ajudaram na transferência de todo o material do almoxarifado da unidade, incluindo o arquivo, para uma estrutura provisória na área externa do hospital.

O objetivo da ação é abrir espaço dentro do hospital para uma nova enfermaria, com mais 16 leitos exclusivos para Covid-19.

Ampliação de leitos – No final de outubro, quando o plano de contingência foi iniciado, a rede estadual de saúde tinha disponível para pacientes de Covid-19 130 leitos de UTI e 327 leitos clínicos. Nesta semana, o número de leitos de UTI atingiu a marca de 249, e os clínicos chegaram a 777.

Os números mostram que o total de leitos UTI e clínicos para Covid-19 cresceu, no período, 125%, passando de 457 para 1.026.

Somente no hospital Delphina Aziz, que é referência para pacientes de Covid-19, a capacidade de leitos de UTI triplicou desde o início da pandemia. Eram 50 leitos, e hoje são 150.

Dados epidemiológicos – Dados da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), divulgados nesta quinta-feira (31/12) trouxeram o diagnóstico de 1.443 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Com isso, o estado atingiu a marca de 201.013 casos da doença.

De acordo com o boletim da FVS-AM, foram confirmados 27 óbitos por Covid-19, sendo nove ocorridos na quarta-feira (30/12), todos de Manaus, e 18 encerrados por critérios clínicos, de imagem, clínico-epidemiológico ou laboratorial, elevando para 5.285 o total de mortes pela doença no Amazonas.

Somente na quinta-feira, o número de pessoas internadas no estado era de 1.105, entre casos confirmados e suspeitos, em hospitais públicos e particulares. Apenas em leitos clínicos e de UTI da rede pública, o total de internados era de 646 (entre confirmados e suspeitos).

As maiores koiotagens

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui