Lei sancionada pelo novo governador Wilson vale a partir de hoje
Lei sancionada pelo novo governador Wilson vale a partir de hoje e torna Dori cidadão amazonense

Ele há mais de três décadas já era Amazonense de fato, mas agora é de direito. O governador Wilson Lima (PSC) assinou dia 04 de janeiro de 2019, a Lei de nº 4.754, tornando cidadão do Amazonas o poeta Dori Carvalho, 63 anos. A lei entra em vigor a partir de hoje, quarta-feira, dia 09, pois está publicada no Diário Oficial do Amazonas. O poeta  autor dos livros “Desencontro das Águas”, “Paixão e Fúria” e “Meu Ovo Esquerdo”, nasceu em São Joaquim da Barra, Estado São Paulo, no dia 11 de junho de 1955, mas desde 1978, mora em Manaus. Na capital amazonense fundou a livraria  Maíra. A lei, de certo no mundo da poesia é mera formalidade, mas de certeza faz Dori “Mais Pávulo” como diz a gíria de qualquer caboclo do interior do Amazonas.

Dori Carvalho que é também o ator, diretor, professor de teatro, videomaker e cronista, atualmente está 100% utilizando todos os espaços ainda disponíveis para militar a favor da democracia ou “Contra a truculência e a ignorância, sempre a poesia…”, como registrou no fim do ano de 2018 na conta dele nas redes sociais.

O site do Koiote congratula mais esse novo  cidadão Amazonense e replica o poema dele “14 de março: 300 dias e ninguém sabe quem mandou matar Marielle Franco …” publicado justamente nesta quarta-feira, dia 9 de janeiro.

Dori Carvalho é também o ator, diretor, professor de teatro, videomaker e cronista
Dori Carvalho é também o ator, diretor, professor de teatro, videomaker e cronista

14 de março

300 dias e ninguém sabe quem mandou matar Marielle Franco …

 

Quem comemora a morte,

também, apertou o gatilho.

Quem justifica o assassinato,

também, apertou o gatilho.

Quem chama de defensora de bandido,

também, apertou o gatilho.

Quem diz que bebeu do próprio veneno,

também, apertou o gatilho.

Quem manda ir pra Cuba,

também, apertou o gatilho.

Quem esbraveja volta pra África,

também, apertou o gatilho.

Quem vomita preta nojenta,

também, apertou o gatilho.

Quem chama de vaca vagabunda,

também, apertou o gatilho.

Quem xinga de esquerdopata,

também, apertou o gatilho.

Quem fala mimimi e vitimização,

também, apertou o gatilho.

Quem vocifera desumanos direitos

também, apertou o gatilho.

Quem incrimina a vítima,

também, apertou o gatilho.

 Acesse Dori Carvalho

Contato: [email protected]

WhatsApp (92)9919542015