Fotos - Karla Vieira / Fundo Manaus Solidária e Altemar Alcântara / Semcom

Prefeitura de Manaus recebeu nesta terça-feira, 5/5, a doação de 530 cestas básicas do Consulado da Bélgica no Amazonas. As cestas, compostas por alimentos e itens de higiene pessoal, foram repassadas ao município após o grupo de diplomatas belgas residentes no Brasil virem os inúmeros apelos feitos pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, quanto às necessidades no atendimento da população, em meio à pandemia do novo coronavírus.  

“Toda ajuda é importante nesse enfrentamento à Covid-19. Nós acreditamos que é com essa união que venceremos essa batalha. E nossa demanda por alimento mais que dobrou, seja nas cozinhas comunitárias ou no atendimento às pessoas em situação de rua. Então, essas cestas são de fundamental importância”, destacou o prefeito Arthur Virgílio Neto.

As doações foram entregues no drive-thru da campanha #ManausSolidária, montado no estacionamento da prefeitura, avenida Brasil, Compensa, zona Oeste, pelo cônsul honorário da Bélgica no Amazonas, Clifford Nelson Ruiz de Oliveira. Conforme o cônsul, ele foi acionado pelos diplomatas sediados em Brasília, que se sensibilizaram com a situação que o Amazonas vem sofrendo. Foi dos diplomatas, segundo o cônsul, o pedido para que buscasse a Prefeitura de Manaus para fazer a doação, tendo em vista o “trabalho positivo e de referência que vem realizando neste momento de crise”.

“Os diplomatas se reuniram, juntaram um montante e me pediram para ver uma maneira para que essas doações chegassem às pessoas. Fizeram uma referência muito positiva ao trabalho social da prefeitura. A Bélgica tem uma característica muito humanitária, muito sensível às questões sociais e de direitos humanos e isso reflete no seu povo e os diplomatas que estão no Brasil não são diferentes. Eles são muito sensíveis a essas causas e quiseram realmente manifestar a sua preocupação por meio dessa doação”, afirmou.

Durante a entrega das cestas, o embaixador da Bélgica no Brasil, Patrick Hermann, disse algumas palavras de apoio à vice-presidente do Fundo Manaus Solidária, Mônica Santaella, com o pedido de que ela as repassasse ao prefeito Arthur Neto e à presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro.

“Diariamente, somos procurados por pessoas em situação de vulnerabilidade e nós agradecemos muito, em nome do nosso prefeito Arthur e da primeira-dama Elisabeth, por essa iniciativa dos diplomatas belgas, que se sensibilizaram com a situação da cidade de Manaus. Eles têm acompanhado as entrevistas do prefeito em rede nacional, mostrando as dificuldades que o nosso povo está passando nesse momento e decidiram nos ajudar. Essas 530 cestas irão ajudar muito nas cozinhas comunitárias da prefeitura e no nosso trabalho de apoio às pessoas em situação de vulnerabilidade”, ressaltou Santaella. 

Doações

A campanha #ManausSolidária arrecada a doação de bens de primeira necessidade – roupas, calçados, gêneros alimentícios, itens de higiene pessoal e material de limpeza – para pessoas em situação de vulnerabilidade social; produtos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e ainda recursos financeiros para serem aplicados no hospital de campanha municipal Gilberto Novaes, na zona Norte.

As doações físicas podem ser entregues diretamente no drive-thru solidário montado no estacionamento da sede da Prefeitura de Manaus, de 9h às 13h, de segunda a sexta-feira, e as doações em dinheiro podem ser feitas no Banco do Brasil, agência: 3563-7; conta-corrente: 10.483-3 PMM/Doação Covid-19. O CNPJ é 04.365.326/0001-73. O acompanhamento de toda a movimentação bancária estará disponível nos sites www.manaussolidaria.org e https://covid19.manaus.am.gov.br