27.6 C
Parintins
quarta-feira, junho 23, 2021

Comissão de Saneamento Básico da Aleam fará visita técnica ao aterro sanitário de Manaus

Na próxima quinta-feira (10), às 8h da manhã, a Comissão de Geodiversidade, Recursos Hídricos, Minas, Gás, Energia e Saneamento da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) fará uma visita técnica ao aterro sanitário de Manaus, com acesso pela AM-010, no Km 19. A ideia é levantar dados sobre os possíveis impactos ambientais e sociais, que o aterro está ocasionando à área. A proposta foi apresentada pelo deputado estadual Sinésio Campos (PT), presidente da Comissão.

“Precisamos de maneira urgente realizar os levantamentos sobre os impactos que o aterro sanitário está gerando, principalmente, ao meio ambiente e às pessoas do entorno. Não queremos que a natureza seja degradada por conta do lixo, como aconteceu com o Igarapé da Ponte da Bolívia, onde, atualmente, se encontra a barreira das estradas AM-010 e BR-174. Outra área degradada foi a Cachoeira Alta do Tarumã, que fica na zona Leste, hoje tomada pelo lixo e mau cheiro”, criticou o deputado Sinésio Campos.

Segundo o parlamentar, o aterro sanitário da cidade está próximo de atingir sua vida útil. “Sabemos que o atual aterro sanitário, implantado há pouco mais de 30 anos, em Manaus, está próximo de atingir seu limite, provavelmente, faltam dois anos, segundo estudos. Mês passado, inclusive, cobramos esclarecimentos, por meio de ofício, sobre a instalação do novo aterro (próximo ao Igarapé do Leão, BR-174) ao Instituto Ambiental do Amazonas (Ipaam), bem como as tecnologias que serão aplicadas, mas, ainda não obtivemos resposta”, concluiu o deputado Sinésio Campos.

Para a visita técnica, a Comissão de Geodiversidade, Recursos Hídricos, Minas, Gás, Energia e Saneamento da Aleam convidou o Ministério Público Federal do Amazonas (MPF), Ministério Público Estadual (MPE), Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM), Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMMAS), Secretaria Municipal de Limpeza Pública (SEMULPS), Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE), Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (AGEMAM), Conselho Regional de Agronomia e Engenharia do Estado do Amazonas (CREA) e demais entidades públicas e civis interessadas no assunto.

Especial Publicitário

As maiores koiotagens

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui