Divulgação

Para valorizar o trabalho dos artistas e colaboradores, o Boi Caprichoso honrou, nesta segunda-feira (21), o compromisso com os profissionais que atuaram na Live Parintins Especial Fim de Ano. O pagamento para mais de 180 colaboradores foi efetuado pelo presidente Jender Lobato, no Curral Zeca Xibelão. Além dos trabalhadores que atuaram na transmissão, foram sanados os vencimentos de treze funcionários permanentes, como vigias e secretários da associação folclórica.

O evento online ocorreu no último sábado (19) e foi organizado em parceria com os patrocinadores do Festival Folclórico de Parintins. O Caprichoso preparou uma produção de primeira linha envolvendo todos os setores do bumbá, com a presença dos itens individuais oficiais, em respeito aos grandes incentivadores da festa cultural. Foram remunerados itens, artistas, diretores, assessores, e equipe de apoio.

Para o artista Aldenilson Pimentel o pagamento representa a valorização dos trabalhadores da arte parintinense. “Nós, que sofremos diretamente com o impacto da pandemia, sabemos muito bem o quanto isso é importante. Feliz, pois estamos próximo do Natal e vamos ter a oportunidade de celebrar em família. Gratidão ao Caprichoso”, agradeceu.

Maria Auxiliadora, a Dora, é uma das funcionárias permanentes do bumbá, encarregada de resguardar o Curral Zeca Xibelão. Ela comenta que o salário em dia é uma grande vitória para todos. “Todos nós saímos vencedores. Sabemos das dificuldades desse ano atípico de pandemia. Porém, o meu Boi Caprichoso honrou seu compromisso, em reconhecimento ao nosso esforço de manter o patrimônio azul protegido”, destacou.

O pajé do Boi Caprichoso, Erick Beltrão, lembra que nos eventos do bumbá, muitas são as pessoas que se doam para ajudar na construção do espetáculo. “Nada mais justo do que valorizar o esforço de todos e injetar esse dinheiro na semana do Natal. Agradeço o empenho da diretoria, dos patrocinadores e de todos aqueles que agregam ao Festival de Parintins”, comentou.

Cestas básicas

Durante a pandemia o Boi Caprichoso já distribuiu mais de duas mil e quinhentas cestas básicas para os seus colaboradores e até mesmo a sócio-torcedores que passaram por grandes dificuldades. Fez também a doação de alimentos e luvas ao Hospital Padre Colombo. O presidente Jender Lobato explica que o bumbá jamais abandonou quem mais ajudou na organização dos eventos, ao longo dos últimos anos.

“É o nosso compromisso auxiliar aqueles que se doam por amor a camisa, que ajudam a construir o boi. Em temporadas normais, os shows para turistas possibilitavam que os dançarinos, músicos e demais segmentos recebessem essa gratificação, mas em 2020 tudo mudou e o Boi Caprichoso encontrou outras maneiras de ajudar essas pessoas, principalmente com a realização de nossas lives”, ressaltou.

Décimo

A diretoria também efetuou o pagamento do décimo terceiro salário dos funcionários. “Ano passado honramos esse nosso dever e hoje, mais uma vez, pagamos os trabalhadores permanentes. Isso é o reconhecimento de que nós precisamos de cada um deles, de que nós valorizamos o serviço prestado por eles diariamente, em prol ao patrimônio azul e branco. Eu, particularmente, me sinto extremamente feliz por esse dia”, enfatizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui