26.3 C
Parintins
sábado, maio 15, 2021

Caprichoso começa redução de dívidas e evita leilão de galpão

O primeiro acordo da gestão de Jender Lobato e Karu Carvalho já foi firmado para evitar o leilão de um dos galpões de alegorias da Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso. O presidente do bumbá, Jender Lobato, com o advogado do Caprichoso, Rodrigo Porto, reuniu com a empresária Ana Paula Perrone, acompanhada do advogado, Fábio Mendonça, para definir acordo do débito com a empresa Equilíbrio.

A nova presidência do Boi Caprichoso buscou resolver a ação judicial em trâmite na 8ª Cível da Comarca de Manaus desde 2016, por conta de uma dívida atualizada no valor de R$ 484 mil, por prestação de serviços de estamparia. O acordo celebrado entre as partes faz parte do Comitê de Crise do Boi Caprichoso que tem, como objetivo, a negociação dos débitos com os credores da associação cultural.

De acordo com Jender Lobato, é importante fazer uma auditoria para ficar por dentro de toda a real situação do Boi Caprichoso e, assim, montar o projeto de arena 2020, sem correr riscos de leilão, sequestros de recursos, entre outros problemas. “É um compromisso firmado ainda em campanha e eu não vou me cansar de trabalhar para diminuir as dívidas do Caprichoso, em que a gente consiga pagar os débitos, proteger os patrimônios, evitar os leilões e, ao mesmo tempo, fazer uma bela apresentação na arena”, assegura Lobato.

“Graças a nossa credibilidade, a confiança e ao respeito que a empresária tem conosco, conseguimos celebrar um acordo que será pago nos três anos de nossa gestão. Vamos, se Deus quiser, com esse acordo, evitar que o Caprichoso perdesse um de seus galpões de alegorias que seria fruto de um leilão que ocorreria em breve por conta desse débito”, ressalta Jender Lobato.

Essa é a primeira grande ação da nova gestão da Associação Cultural Boi- Bumbá Caprichoso, na primeira semana de trabalho, para resolver os problemas judiciais. A ação da diretoria já demonstra o compromisso de proteger os patrimônios, ameaçados por leilões, para pagamento de dívidas. A nova presidência vai prosseguir com o Comitê de Crise para solucionar demais pendências nos próximos 90 dias.

Especial Publicitário

As maiores koiotagens

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui