22.5 C
Parintins
quinta-feira, março 4, 2021

Câmara segue governo e decreta ponto facultativo durante as provas do Enem em Manaus

O presidente da Câmara Municipal de Manaus, vereador David Reis (Avante) iniciou a sessão desta segunda (22/2), relatando que a pandemia distanciou as pessoas da vida normal, e que é preciso sensatez para não colocar em risco à vida da população. Após esta explicação, o presidente informou os vereadores sobre o pedido do governador do Estado, Wilson Lima, para a Casa legislativa decretasse ponto facultativo na terça (23/2) e quarta-feira (24/2), período da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“Recebi uma ligação do governador do Estado, apelando pela sensibilidade da Câmara, para que pudéssemos decretar também, ponto facultativo na terça e na quarta no município, para evitarmos aglomerações. O Enem é algo necessário, portanto, os alunos não devem ser sacrificados. Se o ideal é nós diminuirmos o distanciamento social, nos então acatamos a solicitação”, explicou o presidente.

David Reis ainda enfatizou que a aprovação foi feita democraticamente, pois o pedido foi submetido ao plenário. Declarou ainda que não houve nenhum um tipo de resistência por parte dos vereadores.

Com voto contrário apenas do vereador Rodrigo Guedes (PSC), os parlamentares aprovaram o decreto legislativo transformando os dias de provas do Enem, ponto facultativo na cidade de Manaus.  “De todos os vereadores presentes, levando em conta que somos 41 parlamentares, apenas um vereador se manifestou contrário, ele deve ter os motivos dele. Para mim sinaliza que nós tomamos a decisão acertada”, afirmou Reis.

Na última sexta-feira (19/2), o governo do Amazonas decretou feriado escolar e ponto facultativo no estado nos dias das avaliações, seguindo um pedido do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), para evitar aglomerações em todo Amazonas.

Ordem do Dia

Durante a abertura da Ordem do Dia, a Câmara recebeu as pautas relacionadas à covid-19. Os vereadores deram prioridade ao combate à pandemia. Segundo o presidente, essa é a forma dos parlamentares e unirem para contribuir como uma casa de leis, com a possiblidade de execução das mesmas, para minimizar os problemas trazidos por esse vírus.

“É oportuno, nós mantermos a pauta atualizada. O problema da covid, é um problema que só pode ser resolvido com união, sensibilidade e espírito público. Cada um dos poderes se fizer aquilo que lhe cabe, aquilo que é possível ser feito, essa pandemia será dissipada de forma mais breve”, finalizou o parlamentar.

 

As maiores koiotagens

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui