Na reta final da campanha para as eleições de 2020, o candidato Cabo Maciel (22), na opinião de especialista, foi o vencedor nítido e inquestionável do debate realizado pela Band Amazonas, nesta terça-feira (03), que contou com a participação dos candidatos à prefeitura de Itacoatiara. Cabo Maciel mostrou que está preparado e apresentou projetos inovadores e propostas que visam mudar para melhor a vida dos itacoatiarenses.
O candidato respondeu todas as indagações feita pelos seus oponentes de maneira firme e clara, apontando os caminhos que existem para desenvolver Itacoatiara.
“Não dá mais para brincar de administrar o município, agora me sinto preparado para a missão. Tenho o apoio de várias lideranças e venho fazendo uma campanha corpo a corpo pedindo uma oportunidade da população da nossa querida Itacoatiara para trazer as soluções necessárias”. Ponderou Maciel.

Postura no debate

Os debates eleitorais são momentos muito importantes em qualquer campanha. É onde ocorre o confronto direto de ideias e os candidatos são expostos ao público sobre vários temas a serem abordados.
Nesse quesito, Cabo Maciel se manteve do início ao fim do debate respondendo a cada questionamento de seus oponentes de maneira firme, com clareza e sobretudo confiante do que é melhor para Velha Serpa.
Foi nesse momento, que o eleitor indeciso teve a grande oportunidade de comparar os posicionamentos de forma contundente do candidato Cabo Maciel, que tem um grande projeto para ajudar a tirar Itacoatiara do atoleiro em que se encontra e colocar no lugar de destaque que ela merece.

Mário, pífiu
Um dos principais oponentes até aqui, Mário Abrahim (PSC), se apresentou de maneira pífia, para responder algumas questões que lhe foram dirigidas por outros adversários. Ele vem sendo considerado uma liderança inexperiente, sem articulação para fazer uma administração vencedora.

Peixoto, fora
Por outro lado, representações, inquéritos e ações judiciais, desgastaram muito o atual prefeito Antônio Peixoto (PT), que se tornou inelegível nesta quinta-feira (05). Foi infeliz quando começou a mentir para os itacoatiarenses, dizendo que “daqui a pouquinho”, vai chegar o asfalto, “daqui a pouquinho” vão chegar mais 30 empresas para o município e por aí vai. Imediatamente, seu discurso serviu de chacota nas redes sociais.

DON, tudo ou nada
O candidato DON (PSDB), por sua vez, demonstrando insegurança e sem propostas concretas para oferecer ao município de Itacoatiara em benefício de todos. Usou seu tempo no debate para tentar atingir a população de baixa renda e foi para o “tudo ou nada” anunciando o “Cartão da Família” no valor de R$300,00 e “Leite do meu Filho”. Especialistas contestam esse tipo de mecanismo do “tudo ou nada” para vencer a eleição. Eles afirmam que o candidato está se valendo das condições de fragilidade do povo para criar uma expectativa no eleitor.

Mamoud, fujão
O Candidato Mamou Amed (70), não compareceu ao debate, deixando de mostrar o que pretende fazer no futuro como prefeito de Itacoatiara, cargo que já ocupou por quatro vezes sem realizar uma grande obra que possa lhe credenciar como bom candidato para o cargo.

Jean Neder, só ataque
O candidato Jean Neder, teve sua grande chance de mostrar que poderia fazer por Itacoatiara. Mais se limou a atacar os demais oponentes e comprometer seu discurso, quando disse que já visitou “todos os municípios de Itacoatiara” e, que caso eleito, iria em 30 dias asfaltar todas as ruas do município. Imediatamente, seu discurso serviu também de chacota nas redes sociais.

Graça, fora do debate
A Produção da empresa de televisão Band Amazonas, teve seus motivos e não convidou a única candidata mulher ao cargo de prefeita de Itacoatiara, para participar do debate. Esse procedimento vem ocorrendo nos grandes centros do país.