Foto: Paulo Ferraz (92) 99425-2514

O Plano de retorno às atividades de ensino no Estado do Amazonas está sendo debatido pelo secretário de Estado de Educação em exercício, Luis Fabian Barbosa com as lideranças do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam) e Comissão Permanente de Educação da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

De acordo com deputado Cabo Maciel (PL), que é membro titular da Comissão de Educação da Aleam, foram apresentadas algumas propostas pedagógicas e dos protocolos de saúde que devem ser seguidas para o funcionamento, sem data ainda definida para a rede pública de ensino do Estado.

Na reunião, o secretário de Educação pontuou os eixos que nortearam a construção do documento. São eles: Pedagógico, Protocolos de Saúde, Atenção à família e à saúde Socioemocional e Inteligência em Gestão. Após a fase de apresentação e incorporação das propostas das reuniões com as entidades representativas, o plano será apresentado à imprensa e à comunidade escolar.

 Sinteam

A presidente do Sinteam, Ana Cristina Rodrigues, afirmou que vai aguardar a proposta final da secretaria para apresentar à categoria todos os pontos. “Nós com certeza vamos apresentar todos os pontos para podermos fazer essa avaliação ao lado da categoria”, explicou.

 Protocolos de Saúde

Pelo documento da Secretaria de Educação, o “Aula em Casa” será, inclusive, um pilar importante no retorno das atividades presenciais, que se dará de maneira gradual e escalonada, utilizando-se de um ensino híbrido (atividades presenciais e remotas). As turmas serão divididas em blocos (A e B) e, enquanto um grupo estiver na escola, o outro estará em casa, acompanhando os conteúdos do ensino remoto. A metodologia consiste na adoção do modelo híbrido e escalonado mantendo sempre um grupo de alunos em casa.