Decisão do TCE-AM deve ser respondida ou cumprida pela prefeitura até fim de fevereiro de 2019
Decisão do TCE-AM deve ser respondida ou cumprida pela prefeitura até fim de fevereiro de 2019

A decisão de N° 1909/2018 dos conselheiros do Tribunal de Contas do Amazonas TCE-AM, deixa nesse começo de 2019, o prefeito de Parintins Frank Bi Garcia (PSDB) numa sinuca de bico. O TCE manda que seja anulado os contratos de servidores admitidos temporariamente através do Edital 01/2009, referente ao processo seletivo do referido ano. Ou seja, tem de demitir.

Os senhores da toga querem na realidade a execução do concurso público.

Demissões provocam estragos irreparáveis em qualquer governo. Pois cada pessoa demitida, tem no mínimo três que dependem do dinheiro desse salário. Ou seja, pode ser até o melhor gestor. Mas vai levar peia.

Caso faça o contrário nos próximos 30 dias, prazo dado pelo TCE-AM para Bi Garcia cumprir a determinação, e não cumprir, o prefeito será denunciado pelo ato de improbidade administrativa, mas deixa feliz o pai e mãe de família. No entanto ganha mais um processo.

A situação do prefeito Bi Garcia hoje é a seguinte; se correr o bicho pega e se ficar o bicho come.

Contato: [email protected]

WhatsApp (92)9919542015