25.7 C
Parintins
segunda-feira, maio 17, 2021

‘Avante não será partido terceirizado’, diz David Almeida ao assumir a sigla

“O Avante não servirá de partido terceirizado para ninguém no Amazonas”, discursou o ex-deputado estadual David Almeida, ao assumir o comando da legenda no Amazonas na noite dessa quinta-feira, 23. Ele se filiou já na condição de presidente da comissão provisória do Diretório Estadual.

No discurso, Almeida disse que o desafio é viabilizar o partido no Amazonas e na Região Norte. A meta é avançar no interior com 30 candidaturas a prefeito na eleição de 2020. “Desde que anunciei o meu novo partido, comecei a receber inúmeras ligações de pessoas com interesse de se filiar ao Avante e participar do pleito no próximo ano. Deixei claro que o Avante está aberto àquelas pessoas que querem transformação nas suas cidades. Nós vamos conceder a direção do Avante para quem quer participar como candidato a prefeito. O Avante não será terceirizado no interior. Vamos fazer do Avante um dos maiores partidos do Amazonas”, afirmou.

Com a determinação de não ‘alugar’ o partido para candidaturas, o novo dirigente pretende diversificar a sigla com a criação de núcleos como Avante Juventude, Avante Mulher, Avante Educação, Avante Sindical. “Eu quero formatar um programa de soluções para a cidade de Manaus. Criticar, qualquer medíocre critica. Nós vamos trabalhar pelas soluções dos problemas”, disse. /// Amazonasatual.com.br

Especial Publicitário

As maiores koiotagens

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui