Do G1

O Amazonas diagnosticou mais 1.241 infectados pelo novo coronavírus, nesta terça-feira (16), e o total de casos confirmados chegou a 58.018, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM). O boletim aponta que mais 38 pessoas tiveram a morte confirmada para Covid-19, elevando para 2.550 o total de óbitos.

Os números do novo coronavírus no estado têm apresentado redução nas últimas semanas. Na segunda-feira (15), o número de casos novos da doença foi o menor dos últimos 50 dias, e a média de sepultamentos em Manaus já está próximo ao que era registrado antes da pandemia.

Ao todo, segundo o boletim, 46.894 pessoas já passaram pelo período de quarentena de 14 dias e se recuperaram da doença. O boletim aponta, ainda, que 8.574 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão internadas ou em isolamento domiciliar.

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 304 pacientes internados, sendo 179 em leitos clínicos (16 na rede privada e 163 na rede pública) e 125 em UTI (30 na rede privada e 95 na rede pública).

Há ainda outros 303 pacientes considerados suspeitos internados e aguardando a confirmação do diagnóstico. Desses, 212 estão em leitos clínicos (25 na rede privada e 187 na rede pública) e 91 estão em UTI (16 na rede privada e 75 na rede pública).

Conforme dados da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), nesta segunda-feira (15), a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid era 58%, e a taxa de UTI não Covid era de 64%. Em relação aos leitos clínicos Covid, a taxa de ocupação estava em 36% nesta segunda, já os leitos não Covid registravam 60% de ocupação.

O sistema público de saúde do Amazonas chegou a entrar em colapso durante a pandemia, com quase 100% dos leitos de UTI para Covid-19 ocupados. Por conta da redução de internações, O hospital de campanha da Prefeitura de Manaus, aberto para atender os doentes com Covid-19, anunciou o encerramento das atividades.

O Governo do Amazonas usou os números em queda para justificar a reabertura do comércio em Manaus, que acontece por meio de quatro ciclos. O primeiro teve início no dia 1º de junho e o segundo começou nessa segunda-feira (15). Pesquisadores se dizem preocupados com a reabertura e citam possível ‘novo surto’ da doença.

Municípios do AM com Covid-19

Dos 58.018 casos confirmados no Amazonas até esta terça-feira (16), 23.612 são de Manaus (40,70%) e 34.406 do interior do estado (59,30%). Nesta edição, segundo a FVS-AM, dez municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados deste boletim.

Envira e Ipixuna continuam sem registrar casos confirmados de Covid-19. Além da capital, outros 59 municípios têm casos confirmados. Nesta terça, Coari superou Manacapuru e passou a ser a cidade do interior do Estado com mais casos confirmados da doença. Veja lista:

  1. Coari (2.912);
  2. Manacapuru (2.900);
  3. Tefé (2.511);
  4. São Gabriel da Cachoeira (2.434);
  5. Parintins (2.051);
  6. Benjamin Constant (1.333);
  7. Itacoatiara (1.209);
  8. Tabatinga (1.189);
  9. Iranduba (1.167);
  10. Santo Antônio do Içá (924);
  11. Careiro Castanho (862);
  12. Autazes (809);
  13. Maués (808);
  14. Barcelos (780);
  15. Presidente Figueiredo (712);
  16. Rio Preto da Eva (603);
  17. São Paulo de Olivença (568);
  18. Boca do Acre (541);
  19. Anori (539);
  20. Tapauá (512);
  21. Alvarães (477);
  22. Barreirinha (472);
  23. Itapiranga (457);
  24. Carauari (399);
  25. Uarini (378);
  26. Fonte Boa (376);
  27. Beruri (374);
  28. Tonantins (371);
  29. Borba (367);
  30. Amaturá (357);
  31. Humaitá (338);
  32. Novo Aripuanã (328);
  33. Atalaia do Norte (303);
  34. Nova Olinda do Norte (297);
  35. Urucará (278);
  36. Urucurituba (268);
  37. Lábrea (255);
  38. Eirunepé (252);
  39. Anamã (241);
  40. Jutaí (210);
  41. Novo Airão (192);
  42. Manaquiri (182);
  43. Japurá (175);
  44. São Sebastião do Uatumã (165);
  45. Maraã (158);
  46. Silves (145);
  47. Boa Vista do Ramos (138);
  48. Caapiranga (134);
  49. Pauini (131);
  50. Guajará (127);
  51. Nhamundá (112);
  52. Codajás (105);
  53. Manicoré (104);
  54. Juruá (94);
  55. Itamarati (78);
  56. Santa Isabel do Rio Negro (72);
  57. Careiro da Várzea (57);
  58. Canutama (48);
  59. Apuí (27).

Mortes por Covid-19

Com mais 38 óbitos confirmados, o número de pessoas que morreram pela Covid-19 no Amazonas chegou a 2.550, nesta terça-feira (16).

Outros 328 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) estão sendo acompanhados, dos quais 246 por investigação epidemiológica e 82 aguardando resultado laboratorial. Ao todo, 230 óbitos notificados foram descartados para o novo coronavírus.

Entre pacientes em Manaus, há o registro de 1.645 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 52 municípios com óbitos confirmados até o momento, em um total de 905. São eles:

  1. Manacapuru (121);
  2. Coari (77);
  3. Tefé (74);
  4. Tabatinga (67);
  5. Parintins (65);
  6. Itacoatiara (50);
  7. Iranduba (35);
  8. São Gabriel da Cachoeira (34);
  9. Maués (29);
  10. Autazes (27);
  11. Benjamin Constant (25);
  12. Barcelos (20);
  13. Presidente Figueiredo (20);
  14. Santo Antônio do Içá (18);
  15. Nova Olinda do Norte (18);
  16. Borba (16);
  17. São Paulo de Olivença (15);
  18. Tonantins (14);
  19. Fonte Boa (14);
  20. Careiro Castanho (13);
  21. Jutaí (13);
  22. Rio Preto da Eva (11);
  23. Alvarães (11);
  24. Anori (9);
  25. Amaturá (8);
  26. Novo Aripuanã (8);
  27. Boca do Acre (8);
  28. Manaquiri (8);
  29. Barreirinha (6);
  30. Beruri (6);
  31. Carauari (6);
  32. Novo Airão (5);
  33. Itapiranga (5);
  34. Silves (4);
  35. Urucará (4);
  36. Humaitá (4);
  37. Careiro da Várzea (4);
  38. Uarini (4);
  39. Tapauá (3);
  40. Caapiranga (3);
  41. Manicoré (3);
  42. Codajás (3);
  43. Lábrea (3);
  44. Boa Vista do Ramos (2);
  45. Nhamundá (2);
  46. Maraã (2);
  47. Urucurituba (2);
  48. Santa Isabel do Rio Negro (2);
  49. São Sebastião do Uatumã (1);
  50. Guajará (1);
  51. Atalaia do Norte (1);
  52. Itamarati (1).

/// Por G1 AM