30.6 C
Parintins
terça-feira, abril 13, 2021

Adaf realiza vistoria em planta frigorífica de bovinos em Urucará

Para tratar da retomada das atividades de um abatedouro de bovinos no município de Urucará (a 261 quilômetros de Manaus), atendendo aos padrões higiênico-sanitários, o bem-estar animal e assegurando a saúde pública da população, a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) realizou, nesta semana, vistoria prévia na planta frigorífica existente no município. Desde 2018, as atividades do estabelecimento estão paralisadas.

No início deste mês, a Adaf recebeu representantes da prefeitura municipal de Urucará e as equipes técnicas da Secretaria Executiva Adjunta de Política Agrícola, Pecuária e Florestal do Amazonas (Seapaf), da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), para tratar sobre a reativação do frigorífico nos parâmetros do Serviço de Inspeção Estadual (SIE).

Na ocasião, o prefeito Enrico Falabella, apresentou a solicitação do requerimento de vistoria prévia do terreno ao diretor-presidente da agência, Alexandre Araújo, que de imediato autorizou o deslocamento da equipe técnica da Gerência de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Gipoa) ao município.

A equipe da Adaf esteve no município nos dias 15 e 16 de março, para verificar a possibilidade da reforma e a readequação do frigorífico, visando atender às necessidades da região e alavancar a pecuária local.

Durante a visita, os servidores emitiram dois documentos, entre eles: o laudo de vistoria prévia e o laudo de inspeção. Esses documentos sinalizam a aprovação de readequação da estrutura da planta do frigorífico; e a descrição relacionada às conformidades a serem feitas para a reforma do abatedouro.

“Com a certificação de um estabelecimento desse porte toda a população de Urucará será beneficiada, gerando emprego e renda, incentivo ao pecuarista local e, principalmente, um alimento de qualidade”, destacou Ramerson Ferreira, gerente de inspeção de produtos de origem animal da Adaf.

O prefeito de Urucará, Enrico Falabella, destacou que a reforma e a operação do abatedouro trazem inúmeros benefícios ao município, a exemplo da rastreabilidade e a certificação da carne produzida em Urucará. “Com a ajuda do Governo Estadual, teremos geração de emprego e renda com todo o conjunto funcional, desde a reforma e a operação do abatedouro. Esta ação renova nossas esperanças, em dias melhores para o setor da pecuária em nosso município”, afirmou Falabella.

A previsão é que, quando estiver em pleno funcionamento, o frigorífico possa abater 10 animais/dia, atendendo à população local e regiões adjacentes.

Hoje, a Adaf conta com 166 SIE ativos no estado, sendo que 10 são abatedouros frigoríficos de bovídeos. Os empreendimentos estão localizados nos municípios de Iranduba, Itacoatiara, Boca do Acre, Manaus, Manacapuru, Tabatinga, Tefé, Lábrea, Humaitá e Manicoré.

As maiores koiotagens

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui