27.6 C
Parintins
quarta-feira, junho 23, 2021

Ação social apoiada por William Alemão reúne quase 300 pessoas na zona Oeste de Manaus

Os moradores da Compensa 1, na zona Oeste de Manaus, foram beneficiados com uma ação social na área odontológica, realizada durante o sábado (29/5) à tarde, na Paróquia Cristo Libertador, com o apoio do vereador William Alemão (Cidadania). Aproximadamente 300 pessoas receberam atendimento gratuito de profissionais voluntários que atuam na área, em serviços como avaliação bucal, aplicação de flúor, extração dentária, restauração provisória, entre outros.

Na ocasião, também foram oferecidas palestras de como manter a boca sempre bem cuidada, desde a infância até a fase adulta.

Além da parceria com a paróquia, que cedeu a estrutura para que a ação fosse realizada, William Alemão levou toda a equipe dele para ajudar na triagem, distribuição de água, suporte na organização das cadeiras e celeridade em todo o trabalho. O vereador contou ainda com o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), para a realização dos serviços de vacinação contra a H1N1 e a hepatite, assim como aferição de pressão e glicemia.

fotos: Assessoria de Comunicação do vereador

Apesar do grande número de presentes, o evento procurou cumprir todas as normas sanitárias de enfrentamento à Covid-19, e serviu de teste para que, em breve, o parlamentar volte a realizá-lo no mesmo bairro e em outras áreas de Manaus, principalmente naquelas que se ressentem desse tipo de atenção por parte do poder público.

“A proximidade com a empresa em que trabalhei por muitos anos me trouxe até o padre Tonico. Sentamos com um dos meus assessores, o Marcelo, que já trabalha na comunidade, e vimos a necessidade de voltar a ter este tipo de prestação de serviço na paróquia. Eles têm uma estrutura muito boa, com oito salas e um estacionamento amplo. Tratamos o assunto com a nossa assistente social, dentistas resolveram somar a essa ação voluntária, divulgamos somente dentro do bairro, e confesso que fiquei surpreendido com o número de pessoas que compareceram ao local”, disse Alemão.

O convívio comunitário, após meses de isolamento, acabou sendo gratificante para todos que participaram da ação, segundo o vereador.

“Nesse momento, já ultrapassamos os 100 atendimentos e ainda não são nem 15 horas. E, além desse atendimento, a minha família, minha esposa e duas filhas, ainda pintam a molecada que está aí a se divertir. A pandemia isolou muito, todo mundo. Precisamos voltar a viver em comunidade”, enfatizou.

Em relação às vacinas, em média, 15% dos que compareceram receberam a dose. Alguns não foram vacinados, porque já haviam sido imunizados anteriormente, ou não podiam ainda, por conta da vacinação contra a Covid-19.

Diferencial

Na avaliação da coordenadora de pastorais sociais da Paróquia Cristo Libertador, Rosemeire Rodrigues, a ação serviu como um diferencial, principalmente para as pessoas mais carentes da Compensa.

fotos: Assessoria de Comunicação do vereador

“Temos preocupação com essas crianças, esses idosos. É um diferencial, porque é tão complicado receber atendimento odontológico nos postos de saúde, nas casinhas. A comunidade abraçou a causa e veio. A maioria é do rip-rap, pessoas bem carentes mesmo. O vereador conheceu a realidade e trouxe, para cá, o que realmente estávamos precisando”, afirmou Rosemeire.

Estreitamento

Para o vice coordenador da comunidade, Harison de Souza, o tipo de atividade e o ambiente grande e confortável, aumentam o estreitamento com a população cada vez menos favorecida da sociedade.

“Temos poucos postos de saúde em relação ao serviço. Além disso, é muito difícil saber quando está funcionando; ou falta material, ou profissionais”, observou.

Gratificante

Assim que souberam da ação, moradores e até ex-moradores da Compensa, como o vendedor Helinton Silva, 38, não mediram esforços para ir até a paróquia e receber os vários atendimentos oferecidos à comunidade.

”Não sou mais morador da comunidade, mas quando fiquei sabendo, trouxe meus filhos e toda minha família, para que tenhamos uma saúde melhor. Fazendo essa manutenção, tomando essas injeções que estão atrasadas, aí ficamos todos bem. Normalmente, as pessoas não têm tempo durante a semana e não têm como estar em posto de saúde e em dentista; só procuram quando estão doentes, quando está acontecendo alguma coisa. Muito gratificante esse tipo de ação”, sintetizou.

Especial Publicitário

As maiores koiotagens

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui